Eu não sou ninguém
Quando nossas estrelas estiverem caindo, segure a minha mão. Mesmo que o mundo acabe, mesmo que não reste salvação, mesmo que todos morram, eu serei feliz a partir do momento que suas mãos tocarem na minha.

Acontece uma festa dentro de mim, uma alegria, uma animação incontrolável, difícil de conter a vontade de pular em seus braços e nunca mais sair, fenômeno chamado SAUDADE.

Em um dia onde eu não acreditava ou não sabia no que era o amor, eu conheci você, você acendeu algo que estava adormecido dentro de mim. Como uma simples chama você entrou na minha vida, queimou minha pura alma, e com um simples vento te vi apagar. Nos meus sonhos mais profundos as vezes me pego pensado em você, mais não vejo o por que de insistir em algo que provavelmente nunca mais ira acontecer. Você pode ter mudado minha vida, mais hoje te vejo tão distante… Te agradeço por cada lembrança, cada suspiro, cada sorriso bobo. Levarei todas essas lembranças comigo. Quero te ver feliz, e é por isso que não lhe procuro, de um certo modo você esta melhor sem mim, e vai se afastando cada vez mais, ate chegar o dia que aquela velha chama nunca mais poderá se acender novamente.